fbpx
Agronomia

SOBRE O CURSO

O curso de AGRONOMIA da FACEC possui como objetivo geral a formação de Agrônomos éticos, preocupados com o meio ambiente, com a sustentabilidade, com a qualidade de vida, a saúde ocupacional e a responsabilidade social, atendendo as necessidades e demandas locais, regionais e nacionais, propiciando conhecimento acerca dos aspectos científico, social, econômico, político e cultural no contexto global da sociedade atual, por meio de sólida formação humanista e instrumental, articulada por meio da interdisciplinaridade para o desenvolvimento de competências conceituais, procedimentais e atitudinais para gerenciar de forma eficiente e eficaz “o fazer” próprio da área das ciências agrárias.

O Projeto Pedagógico do Curso de AGRONOMIA da FACEC obedece às Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de AGRONOMIA (Resolução Nº 1, de 2 de Fevereiro de 2006) e demais marcos legais balizadores da educação superior no Brasil.

Objetivos:

  1. O respeito à fauna e à flora; a conservação e recuperação da qualidade do solo, do ar e da água; o uso tecnológico racional, integrado e sustentável do ambiente; o emprego de raciocínio reflexivo, crítico e criativo; e o atendimento às expectativas humanas e sociais no exercício das atividades profissionais;
  2. Gerar e disseminar conhecimento, técnico-científico e metodologias através do ensino, extensão e responsabilidade social na área do curso de agronomia, com planejamento, análise de informações quantitativas e qualitativas para a emissão de laudos e pareceres;
  3. Propiciar ao discente o conhecimento de suas potencialidades e o desenvolvimento do ganho progressivo habilidades e competências conceituais, procedimentais e atitudinais que resultem na qualidade de pessoas, processos e produtos relacionados às práticas agronômicas;
  4. Formar agrônomos capazes de elaborar, coordenar, executar e supervisionar projetos voltados à implantação das práticas agronômicas, destacando-se: a) fitopatologia; b) entomologia; c) silvicultura; d) gestão ambiental; e) avaliação e perícias agrícolas; f) solos; g) grandes culturas; h) legislação rural; i) geoprocessamento e georreferenciamento; j) plantas daninhas; k) construções rurais; l) produção vegetal e animal; m) agrometeorologia; n) floricultura e paisagismo; o) manejo e conservação do solo; p) agroecologia; q) armazenamento e secagem de grãos; r) botânica; s) zootecnia; t) tecnologia de aplicação; u) hidráulica irrigação e drenagem;
  5. Permitir a formação de agrônomos conscientes da necessidade de aprender continuamente, capazes de exercer a mobilidade acadêmica e profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais visando a utilização e contextualização das organizações com práticas e processos emergentes para atuação no planejamento e formatação de laboratórios nas áreas de atuação: fitopatologia, solos, entomologia; genética e melhoramento; mecanização juntamente com a tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas;
  6. Formar agrônomos capazes de proporcionar demonstrações técnicas e científicas anualmente nos segmentos de atuação do profissional de agronomia, com a vivência da iniciação científica, para a identificação de situações-problema com a respectiva proposta de soluções por meio da produção e divulgação de pesquisas, trabalhos e informações da área;
  7. Formar agrônomos capazes de planejar, analisar, coordenar, avaliar, orientar e executar (fiscalização) quanto aos procedimentos de produção, beneficiamento e conservação dos produtos de origem vegetal e animal;
  8. Formar agrônomos capazes de proporcionar atividades pelo uso de recursos naturais renováveis ou não;
  9. Oportunizar o acesso ao ensino de excelente qualidade, com embasamento científico e consciência sobre a realidade sócio-político-econômica da região e do país, por meio das atividades práticas e de extensão desenvolvidas ao longo do curso, com reconhecimento da diversidade de perspectivas necessárias para o atendimento dos reais interesses da população locorregional;
  10. Garantir a formação de profissionais competentes, que atendam a demanda regional, estadual, e porque não, nacional, considerando que ainda é enormes espaços com a falta desses profissionais indispensáveis ao desenvolvimento da economia nacional;
  11. Facilitar o acesso dos estudantes da região à Instituição, minorando os riscos com viagens longas e, também, evitando a emigração dos mesmos para centros maiores, o que, contribuindo assim, para melhor benefício da comunidade;
  12. Evitar que filhos de agricultores se obriguem a fixar residência em outros centros, para estudar um curso cuja característica é mais bem atendida na região de origem onde, já desenvolvem esta prática. Muitos destes, já atuam em propriedades da região e, com o curso mais próximo da comunidade agrícola, os princípios fundamentais do ensino universitário serão mais bem alcançados;
  13. Preparar profissionais capazes de aplicar seus conhecimentos na evolução e melhoria da agricultura e áreas afins, com capacidade para exercer papel de efetiva liderança, aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou líderes nas equipes de trabalho;
  14. Disponibilizar a comunidade em geral, acesso a cursos, palestras, eventos, treinamentos, diversas práticas que resultem na melhoria do conhecimento e produtividade utilizando-se do benefício da presença e disponibilidade de profissionais que farão parte da equipe técnica e pedagógica do curso.

Para atingir os objetivos traçados, a FACEC adota a metodologia dialética onde, além da interdisciplinaridade, o docente articule três dimensões:

  • A mobilização do conhecimento;
  • A construção do conhecimento;
  • A elaboração e síntese desse conhecimento.

Por meio de diversos convênios, o Curso de Graduação em AGRONOMIA da FACEC está apto para desenvolver atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, potencializando as oportunidades de inserção do aluno egresso, além de contribuir com os indicadores educacionais, administrativos, econômicos, sociais e culturais de Cianorte e região.

INVESTIMENTO

Valor mensal para pagamento parcelado* R$1498,90
Desconto por antecipação (20%) -R$ 299,78
Valor Líquido Antecipado R$ 1199,12
* cada semestre possui 6 parcelas de igual valor.

MATRIZ CURRICULAR

1º Período
Química Geral e Analítica 80
Matemática 40
Conhecimentos Humanos e Questões Sociais 40
Biologia Celular 40
Desenho Técnico 40
Zoologia Agrícola 80
Introdução a Agronomia 40
Informática para Agricultura 40
Atividades complementares 20
TOTAL 420
2º Período
Bioquímica 80
Física 40
Ecologia 40
Morfologia e Sistemática Vegetal 80
Topografia 40
Entomologia Agrícola 80
Microbiologia Agrícola 40
Agrometeorologia e Climatologia 40
Atividades complementares 20
TOTAL 460
3º Período
Metodologia da Pesquisa Científica 40
Linguagem e Comunicação 40
Genética 80
Hidráulica 40
Zootecnia 40
Edafologia 80
Agroecologia e Sustentabilidade 80
Atividades Complementares 20
TOTAL 420
4º Período
Estatística Básica 40
Fisiologia Vegetal 80
Fitopatologia Geral 80
Irrigação e Drenagem 40
Cartografia Aplicada a Agricultura 80
Entomologia Aplicada 80
Forragicultura e Pastagem 40
Atividades Complementares 20
TOTAL 460

Perfil do Egresso

O egresso do curso de graduação em Agronomia da FACEC deverá estar apto a:

  1. Projetar, coordenar, analisar, fiscalizar, assessorar, supervisionar e especificar técnica e economicamente projetos agroindustriais e do agronegócio, aplicando padrões, medidas e controle de qualidade;
  2. Realizar vistorias, perícias, avaliações, arbitramentos, laudos e pareceres técnicos, com condutas, atitudes e responsabilidade técnica e social, respeitando a fauna e a flora e promovendo a conservação e/ou recuperação da qualidade do solo, do ar e da água, com uso de tecnologias integradas e sustentáveis do ambiente;
  3. Atuar na organização e gerenciamento empresarial e comunitário interagindo e influenciando nos processos decisórios de agentes e instituições, na gestão de políticas setoriais;
  4. Produzir, conservar e comercializar alimentos, fibras e outros produtos agropecuários;
  5. Participar e atuar em todos os segmentos das cadeias produtivas do agronegócio;
  6. Exercer atividades de docência, pesquisa e extensão no ensino técnico profissional, ensino superior, pesquisa, análise, experimentação, ensaios e divulgação técnica e extensão contribuindo com inovação e tecnologia para sociedade;
  7. Enfrentar os desafios das rápidas transformações da sociedade, do mundo, do trabalho, adaptando-se às situações novas e emergentes.

Mercado de Trabalho

O agrônomo ou engenheiro agrônomo é o profissional de nível superior responsável por melhorar a qualidade e produtividade de rebanhos e plantações, através do planejamento, gerenciamento e execução de todas as etapas da cadeia produtiva. Desde a criação de gado ao abate, do plantio à colheita, e também no processamento, aprimoramento e vendas de produtos agropecuários.

O profissional também é responsável por monitorar o preparo do solo, combater pragas e doenças, controlar colheitas, além de gerenciar os processos de industrialização, armazenamento e comercialização de produtos de origem animal ou vegetal.

A agronomia combina diferentes conhecimentos das ciências exatas, naturais, econômicas e sociais para o que o  profissional seja apto à realizar diferentes funções no mundo do agronegócio, desde a criação de animais até economia e administração agroindustrial.

Além de concluir o curso de bacharelado em agronomia (5 anos), para poder exercer a função de agrônomo, o profissional deverá obter o registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde irá trabalhar.

Principais áreas de atuação do Agrônomo

  • Administração rural
  • Defesa sanitária
  • Economia e administração agroindustrial
  • Engenharia rural ou engenharia agrícola
  • Ensino
  • Fitotecnia
  • Indústria e venda de alimentos
  • Manejo ambiental
  • Melhoramento animal e vegetal
  • Produção agroindustrial
  • Silvicultura
  • Solo
  • Zootecnia

#EuFaçoFACEC

COMO INGRESSAR