fbpx

SOBRE O CURSO

O curso de graduação em Fisioterapia da FACEC é único na mesorregião Noroeste do Paraná, composta por 11 municípios, propondo-se a formar fisioterapeutas generalistas de alto nível, com conhecimento dos aspectos técnico, científico, social, econômico, político e cultural no contexto global da sociedade atual, por meio de sólida formação humanista e instrumental, articulada com a interdisciplinaridade e com a introdução de práticas emergentes para o desenvolvimento de competências conceituais, procedimentais e atitudinais que contribuirão com a promoção da saúde por meio de sua atuação profissional, seja no setor público, no âmbito do SUS – Sistema Único de Saúde, observando-se as políticas públicas em vigor país, ou do setor privado, com plena capacidade de compreender, e agir de modo a avaliar, prevenir, promover, proteger e recuperar a saúde, nas mais inéditas situações.

Objetivos

Formar profissionais cientificamente embasados e conscientes da realidade sócio-político-econômica da região e do país, por meio das atividades práticas desenvolvidas ao longo do curso, com reconhecimento da diversidade de perspectivas necessárias para compreensão das necessidades de tratamento e incentivo à interlocução com campos de conhecimento que permitam a apreensão da complexidade e multideterminação das doenças tratáveis no âmbito da Fisioterapia;

  1. Propiciar a flexibilidade da matriz de formação para a discussão de conceitos teóricos e realizações de práticas, exercícios e ilustrações de situações aplicadas à realidade da atuação profissional, tanto em nível individual quanto coletivo, no setor público, no âmbito do SUS, ou do setor privado, com pleno exercício da interdisciplinaridade, da transdisciplinaridade, da introdução de práticas emergentes e de novas demandas apresentadas pelo mundo do trabalho, para a compreensão dos múltiplos referenciais que buscam apreender a amplitude das possibilidades de tratamento no âmbito da Fisioterapia e suas interfaces com os outros fenômenos biológicos e/ou sociais;
  2. Desenvolver o ganho progressivo habilidades e competências conceituais, procedimentais e atitudinais que resultem na efetiva promoção da saúde e na qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidades locais e regionais, no âmbito do SUS, e do setor privado;
  3. Inserir o aluno nas atividades de extensão por meio de ações diretas e regulares junto à comunidade local;
  4. Estimular o desenvolvimento da construção e desenvolvimento do conhecimento científico em Fisioterapia, no âmbito da iniciação científica, para a identificação de situações-problema com a respectiva proposta de soluções por meio da produção e divulgação de pesquisas, trabalhos e informações da área da Fisioterapia, pautados pelo respeito à ética nas relações com clientes e usuários, com colegas, com o público;
  5. Formar profissionais capazes de avaliar, planejar e desenvolver o planejamento de prevenção e tratamentos de natureza fisioterápico para prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde das pessoas assistidas;
  6. Formar profissionais capazes de exercer papel de efetiva liderança, aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou líderes nas equipes de trabalho;
  7. Formar Fisioterapeutas capazes de aprender continuamente, com capacidade de incorporar as novas demandas do mercado de trabalho e/ou práticas/ tecnologias emergentes em seus possíveis segmentos de atuação, mantendo a responsabilidade e o compromisso com a sua formação contínua, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmica e profissional e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

Para atingir os objetivos traçados, a FACEC adota a metodologia dialética onde, além da interdisciplinaridade, o docente articule três dimensões:

  • A mobilização do conhecimento;
  • A construção do conhecimento;
  • A elaboração e síntese desse conhecimento.

São inovadores na proposta pedagógica do curso de Fisioterapia da FACEC a presença de componentes curriculares que propiciam a interdisciplinaridade, como o componente curricular “Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar – CEPI”, ofertado do 1º ao 8º período do curso propõe a atuação em campo, com a supervisão docente contínua.

A FACEC também conta com diversos convênios, incluindo-se a Prefeitura Municipal de Cianorte, com inúmeros cenários de prática e inserção de estágios ao longo do curso.

Com ampla diversificação na matriz de formação, o curso de graduação em FISIOTERAPIA da FACEC está apto para desenvolver atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, potencializando as oportunidades de inserção do profissional egresso, além de contribuir com os indicadores educacionais, administrativos, econômicos, sociais e culturais de Cianorte e região, no plano local, e mais amplamente, nos cenários estadual e nacional.

INVESTIMENTO

(Tabela válida para o ano letivo de 2022)

Valor mensal para pagamento parcelado* R$1.344,03
Desconto por antecipação (20%) -R$ 268,81
Valor Líquido Antecipado R$ 1.075,22
* cada semestre possui 6 parcelas de igual valor
Valores válidos para o primeiro e segundo semestres de 2022.

MATRIZ CURRICULAR

1º Período
Ciências Sociais 40
Biologia Celular 80
Histologia e Embriologia 80
Fisiologia Humana 120
História da Fisioterapia 40
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-I) 10
Atividade Complementar (extensão I) 20
TOTAL 390
2º Período
Métodos de Pesquisa 40
Bioquímica 80
Anatomia Humana 160
Cinesiologia 80
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-II) 10
Atividade Complementar (extensão II) 20
TOTAL 390
3º Período
Meio Ambiente e Sociedade 40
Patologia 80
Farmacologia 40
Métodos de Avaliação Cinesio-funcional – MACF 120
Cinesioterapia 120
Estágio Básico I – Fisioterapia Pediátrica 20
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-III) 10
Atividade Complementar (extensão III) 20
TOTAL 450
4º Período
Administração e Empreendedorismo 40
Recursos Terapêuticos Manuais – RTM 120
Psicologia em Saúde 40
Fisiologia do Exercício 80
Eletroterapia 80
Estágio Básico II – Fisioterapia Desportiva 20
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-IV) 10
Atividade Complementar (Iniciação Científica I) 20
TOTAL 410
5º Período
Hidroterapia 120
Saúde da Mulher 160
Saúde da Criança 120
Estágio Básico III – Fisioterapia Ortopédica 20
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-V) 10
Atividade Complementar (Iniciação Científica II) 20
TOTAL 450
6º Período
Saúde Coletiva 80
Ortopedia e Traumatologia 160
Fisioterapia Desportiva 80
Saúde do Trabalhador 80
Estágio Básico IV – Fisioterapia Laboral 20
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-VI) 10
Atividade Complementar (Iniciação Científica III) 20
TOTAL 450
7º Período
Biomecânica Laboral e Ergonomia 80
Saúde do Idoso 120
Nutrição e Treinamento desportivo 40
Estágio Básico V – Fisioterapia Clínica 20
Saúde do Idoso Assistido 160
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-VII) 10
Atividade Complementar (Iniciação Científica IV) 20
TOTAL 450
8º Período
Promoção da Saúde 40
Fisioterapia em Cardiologia 120
Fisioterapia em Pneumologia 120
Deontologia e Ética Profissional 40
Base de Dados e Pesquisa Científica em Fisioterapia 40
Estágio Básico VI – Fisioterapia Neurológica 20
Optativa 20
Comunidade e Escola em Programa Interdisciplinar (CEPI-VIII) 10
Atividade Complementar (Monitoria) 20
TOTAL 450
9º Período
Trabalho de Conclusão de Curso 40
Estágio Sup I – Reabilitação Intensiva e Preventiva 200
Estágio Sup. II – Reabilitação Neurofuncional 200
TOTAL 440
10º Período
Estágio Sup. III Reabilitação Cinesiofuncional 200
Estágio Sup. IV Reabilitação em Clínica Integrada e Saúde da Mulher 200
TOTAL 400
Atividade Acadêmica Complementar 160
Práticas Interdisciplinares 80
Optativa/Eletiva 40
Estágio Básico 120
Estágio Específico 800
Carga Horária Total do Curso 4.280

PERFIL DO EGRESSO

O profissional formado pela FACEC deverá distinguir-se por apresentar conhecimento dos aspectos social, econômico, político e cultural no contexto da sociedade local e regional. A base plural de sua formação permitirá ao egresso apropriação dos conhecimentos e técnicas da profissão assim como a promoção do diálogo entre os saberes da Fisioterapia e áreas do conhecimento correlatas com plena capacidade de ampliação de seus conhecimentos em função de novas demandas apresentadas pelo mundo do trabalho. Desta forma, o egresso será capaz de possuir compreensão sobre as concepções e princípios científicos; comunicação adequada e eficaz; leitura abrangente e domínio das habilidades de compreensão, produção textuais e raciocínio; capacidade de interpretar dados; domínio da linguagem informatizada; pensamento crítico, capacidade de resolver problemas e de atuar em colaboração; adaptabilidade e flexibilidade para compreender novas demandas do mercado de trabalho e de práticas emergentes; autodisciplina e compromisso com sua formação contínua, mesmo após o final da graduação; conduta ética e capacidade para exercer posições de liderança e conviver na diversidade.

Considerando os objetivos do curso e o perfil do egresso almejado pela FACEC e, com base, nas Diretrizes Curriculares Nacionais, o Projeto Pedagógico do Curso de Fisioterapia da FACEC assegura a formação de profissionais com competências e habilidades para:

  1. Conhecer os fundamentos históricos, filosóficos e metodológicos da Fisioterapia e seus diferentes modos de intervenção;
  2. Conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos, emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios;
  3. Manter controle sobre a eficácia dos recursos tecnológicos pertinentes à atuação do fisioterapeuta, garantindo qualidade e segurança;
  4. Desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde, seja no âmbito do SUS, ou da iniciativa privada;
  5. Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente, de forma a garantir a integralidade da assistência, além de contribuir para a manutenção da saúde e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade objetivando seu bem-estar e considerando suas circunstâncias éticas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas;
  6. Desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo;
  7. Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;
  8. Ter como objeto de estudo o movimento humano em todas as suas formas de expressão e potencialidades, quer nas alterações patológicas, cinético-funcionais, quer nas suas repercussões psíquicas e orgânicas objetivando a preservar, desenvolver, restaurar a integridade de órgãos, sistemas e funções, desde a elaboração do diagnóstico físico e funcional, eleição e execução dos procedimentos fisioterapêuticos pertinentes a cada situação.
  9. Ser profissional de vanguarda, participante e comprometido com a realidade, através da geração e adequação de tecnologias que promovam a prevenção, a melhoria e a manutenção da Saúde, a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar do homem, usufruindo da flexibilidade da matriz de formação do curso, de modo a atender às suas aptidões e interesses de atuação, não obstante ao perfil de formação generalista proposto.
  10. Realizar o gerenciamento dos recursos físicos, materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a ser empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde.
  11. Ter responsabilidade e compromisso com a sua educação continuada e o treinamento/ estágios das futuras gerações de profissionais, proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/ profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.
  12. Elaborar criticamente o diagnóstico cinético funcional e a intervenção fisioterapêutica, considerando o amplo espectro de questões clínicas, científicas, filosóficas, éticas, políticas, sociais e culturais implicadas na atuação profissional do fisioterapeuta, sendo capaz de intervir nas diversas áreas onde sua atuação profissional seja necessária;
  13. Manter a confidencialidade das informações, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;
  14. Encaminhar o paciente, quando necessário, a outros profissionais relacionando e estabelecendo um nível de cooperação com os demais membros da equipe de saúde;
  15. Comprometer-se com a formação contínua de modo a manter-se atualizado com as novas demandas apresentadas pelo mundo do trabalho, tecnologias e práticas emergentes.

MERCADO DE TRABALHO

O Fisioterapeuta, como profissional liberal, empreendedor de seu próprio negócio ou contratado por empresas de diversos setores poderá atuar na:

Fisioterapia Esportiva;

Fisioterapia em Acupuntura;

Fisioterapia do Trabalho;

Fisioterapia Neurofuncional;

Fisioterapia Aquática;

Fisioterapia Cardiovascular;

Fisioterapia Respiratória;

Fisioterapia Dermatofuncional;

Fisioterapia Oncológica;

Fisioterapia Gerontológica;

Ortopedia e Traumatologia;

Terapia Intensiva;

Investigação Científica; e.

Docência do ensino superior

#EUFAÇOFACEC